QUEM É Rafael Belmonte

Apaixonado por criar Negócios que possam ter crescimentos Exponenciais

Aos 19 anos (2009), Rafael Belmonte já começava sua jornada empreendedora formalmente, criando a primeira plataforma de compartilhamento de materiais acadêmicos dentro da FGV-EAESP - Rapijo Students, que logo na sequência já foi integrado à outras universidades brasileiras. Seu interesse na criação de Negócios veio muito antes, na verdade. Aos 15 anos, dentro da sua própria escola, já havia iniciado um sistema de transporte do alunos do Ensino Médio aos eventos organizados pelas empresas de Formaturas. Em poucos meses esse sistema já atendia 3 escolas diferentes e mais de 250 formandos. 

A decisão de cursar "Administração de Empresas" veio muito desse interesse em criar outros negócios no futuro. Assim, se iniciava a saga dos vestibulares da FGV-EAESP, única universidade que prestou vestibular. Em 2008, teve a felicidade de entrar, e de início o interesse em fazer parte das "Empresas Júniors". Foram quase 2 anos de RH Júnior - Consultoria focada na estruturação dos Departamentos de Recursos Humanos de Médias e Grandes Companhias. Vários empreendimentos ao longo do curso, Rapijo Students, um deles. Cursos Internacionais como o de Inovação na HEC Montreal e Financial Markets na Bocconi (Milão/Itália) também fizeram parte dos 4 anos de faculdade. E, pouco mais de 1 ano antes da graduação, começa seu primeiro estágio formal em um fundo de investimento em Private Equity chamado Bravia Capital, onde ficou pouco mais de 2 anos. 

Graças aos projetos em que foi envolvido nestes 2 anos de Fundo de Private Equity, sentiu segurança e capacidade para voltar à empreender. Desta vez, algo grande, que realmente exigiria investimentos de terceiros e dedicação integral. Naquele momento (2013) nascia o Netshow.me, plataforma de transmissão ao vivo focada no universo musical. Ao longo destes 6 anos à frente do Netshow.me, foram inúmeras as transformações, aprendizados, desafios e conquistas. Tudo isso colaborou para chegar no estágio que hoje está: 8mil transmissões realizadas para mais de 350 empresas, 40 funcionários, operações internacionais e investidores como Telefonica e Provence Capital. 

Ao longo destes últimos 6 anos, a vontade de empreender e criar negócios exponenciais foi além do próprio Netshow.me. Alguns projetos como o GVentures - Maior aceleradora universitário non-equity non-fees do Brasil, e o GVangels - Grupo de investidores-anjo Alumnis da FGV-EAESP que atualmente conta com mais de 100 membros ativos, foram criados também nesse período e crescem organicamente com um gestão própria. 

Me orgulho muito pelos projetos que ajudei na criação, pelos projetos que hoje administro e pelas projetos que apoiei, em especial à Associação Brasileira de Startups (ABStartups), na qual tive a honra de ser Vice-Presidente durante 2 anos.

Tudo isso, sempre em busca da criação de negócios exponenciais e também no fortalecimento de um ecossistema que colabore para o surgimento de inúmeros outros negócios exponenciais. É disso que o Brasil precisa: Empreendedores resilientes que saiam do status-quo e cresçam exponencialmente, gerando mais empregos e renda, incentivando a inovação brasileira.

Experiências Profissionais
Experiências Acadêmicas
Reconhecimentos
  • Co-Founder Rapijo Sudents (2009)

  • Diretor de Projetos RH Júnior (2010)

  • Bravia - Private Equity Analyst (2011)

  • GVCenn Project Coordinator (2012)

  • Co-Founder Netshow.me (2013)

  • Co-Founder GVentures (2011)

  • Co-Founder GVangels (2017)

  • FGV-EAESP (2008-2012)

  • HEC Montreal (2009)

  • Universitá Commercialle Luigi Bocconi (2010)

  • Prêmio Inovação SETexpo (2013)

  • Prêmio Inovação SETexpo (2015)

  • Microsof BizSpark Plus (2015)

  • Prêmio Inovação Lide Futuro (2015)

  • IBM Smartcamp LATAM (2015)

  • IBM Smartcamp Global (2015)

  • Forbes "30under30" (2015)

  • Winner Sebrae "LikeaBoss"(2016)

  • Oracle Innovation Program (2017)